Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lua sem Sol

"Hoje eles vivem assim....separados, o SOL finge que é feliz, a LUA não consegue esconder que é triste."

Lua sem Sol

"Hoje eles vivem assim....separados, o SOL finge que é feliz, a LUA não consegue esconder que é triste."

E prontos .............

Esperem um bocadinho que vou ali e já venho ok?????

 

  Vou de férias, daqui a menos de 2 horas, como vou ficar por casa, pode ser que tenha tempo de vir fazer aqui umas visitinhas e deixar a "marca" da Lua, senão olha ......... sentem-se ali no sofá e esperem, sirvam-se de umas bebidinhas e de uns snacks aproveitem a paisagem que é mesmo rapidinho.

Até já

 

Será ????

Eu tenho uma certa apetência a relembrar o tempo passado, as situações e as pessoas. Depois fico a pensar, que certas pessoas e certas situações não me mereceram porque simplesmente esqueceram tudo e desapareceram como se por magia.

Ou será que fui eu que não as mereci ??

Se calhar fui, com tanto erro, com tanta asneira, com o facto de ser eu mesma, honesta, sincera, sem muita beleza exterior mas de grande coração, mas eu não desapareci, tenho estado aqui, sempre no mesmo sitio, tenho dado sinal de que ainda existo e não fugi de nada, nem das consequências, nem dos erros, nem das situações e lembro-me de tudo.

E a mágoa e a duvida, existem ainda, porque continuo a achar que se calhar sou eu ..... fui eu. 

Todos erramos e é com esses erros que aprendemos, ás vezes com as piores consequências mas aprendemos. Não somos melhores nem piores que os outros, todos somos humanos temos sentimentos, fraquezas, defeitos, qualidades e temos de tentar dar aos outros o "beneficio da duvida" e não lhes "cortar as pernas" assim de um momento para o outro. Perceber as razões das pessoas é um exercicio de condescendência. Não somos todos iguais. Temos de fazer um esforço e pormo-nos no lugar dos outros. Talvez assim se perceba certas coisas.

Mas também temos de saber aceitar, mesmo que seja a maior dor do Mundo, as decisões que se tomam.

Aí, é mesmo desaparecer, e não é preciso magia.

 

"Palavra da Razão"

 

 

"...........

A vida nem sempre nos faz sorrir
O tempo não mais voltara atrás.

 

Voltei a pedir o teu abraço
Doeu dizeres que não
Tentei e abusei dos meus princípios
Agora digo que não
É a palavra da razão.

 

..................

De corpo e alma entreguei meu sentimento ao teu sabor
As feridas que guardo de tanto sofrer são provas
Sinais até morrer

 

.................

Dei o que dei sem dares a mão."

 

 

 

 

Obrigado querida Lêda Rezende

Uma amiga destas andanças de blog's (Blog de Lêda) mandou-me esta frase espectacular ácerca de um texto lindo que ela escreveu e eu comentei.

Por achar que é toda cheia de verdade aqui fica, para todos nós nos lembrarmos bem dela.

Os que "olham as suas cicatrizes" e os que daqui a uns anos também irão "olhar para elas".

Obrigado Lêda.

 

 

" Ao final do dia olho as minhas cicatrizes.

Elas me lembram que me feri mas me curei."

 

Rabindranah Tagore