Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lua sem Sol

"Hoje eles vivem assim....separados, o SOL finge que é feliz, a LUA não consegue esconder que é triste."

Lua sem Sol

"Hoje eles vivem assim....separados, o SOL finge que é feliz, a LUA não consegue esconder que é triste."

Mais uma boa

Esta que vem no Jornal de Noticias e é de morte mesmo. Afinal podemos beber que ainda nos levam de regresso ao carro e podemos ir beber mais uns copos. Querem melhor ?? Serviço personalizado e com escolta policial. Leiam só.

 

"Detido duas vezes com álcool e em contramão

 

Condutor fica em liberdade após noite de transgressões na A5, em Cascais

(TELMA ROQUE)

 

Um jovem de 29 anos foi detido duas vezes durante a madrugada de ontem, terça-feira, por conduzir alcoolizado e em contramão na Auto-estrada 5 que liga Lisboa a Cascais, apurou o JN junto de uma fonte da GNR.

O indivíduo, que por mero acaso não chegou a provocar acidentes durante os quilómetros que percorreu em contramão, está em liberdade e vai aguardar por notificação das autoridades para comparecer depois em tribunal perante um juiz, para responder pelos crimes de condução perigosa e sob o efeito do álcool, além de desobediência à GNR.

Tudo aconteceu cerca das quatro horas e meia da madrugada de ontem, no sentido Lisboa-Cascais, quando funcionários da Brisa detectaram um automobilista em contramão perto de uma saída para S. Marcos. Alertados pela Brisa, os militares da Guarda avançaram em direcção à A5 com dois carros-patrulha, interceptando o jovem condutor, pouco tempo depois, junto à área de serviço de Oeiras.

"Estava visivelmente alcoolizado. Nem tinha a noção que estava a conduzir em contramão", revelou fonte da GNR ao JN, acrescentando que o condutor foi detido e conduzido ao Destacamento de Trânsito de Carcavelos, onde soprou o balão, acusando uma taxa de alcoolemia de 2,11 g/l.

Elaborado o expediente e depois de ter sido avisado pelas autoridades de que estava inibido de conduzir nas próximas 12 horas, o jovem foi libertado e deixado em Oeiras, onde tinha ficado estacionado o seu automóvel.

Ignorando as ordens da GNR, e assim que se afastaram os militares da Brigada de Trânsito, o jovem de 29 anos entrou no carro, sentou-se ao volante e entrou novamente na A5, desta vez não em contramão, mas ainda com uma elevada taxa de alcoolemia.

Obrigado novamente a encostar pela GNR, foi outra vez detido por desobediência e, desta vez, não voltou a sentar-se ao volante do carro, garantiu a mesma fonte da Guarda.

A condução sob o efeito do álcool protagonizada pelo jovem, ontem de madrugada na A5, é considerada crime no caso de as taxas de alcoolemia serem iguais ou superiores a 1,2 g/l. É punível com pena de prisão até um ano (ou multa até 120 dias), para além da inibição de conduzir por um período que pode oscilar entre os três meses e os três anos."

 

Só mesmo neste país á beira mar plantado