Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lua sem Sol

"Hoje eles vivem assim....separados, o SOL finge que é feliz, a LUA não consegue esconder que é triste."

Lua sem Sol

"Hoje eles vivem assim....separados, o SOL finge que é feliz, a LUA não consegue esconder que é triste."

Violência e Insegurança

Estamos, cada vez mais, a entrar numa espiral de violência e insegurança que nos deixa a todos confinados ás nossas casas com medo de sair á noite e até mesmo ir trabalhar. Eu trabalho há muitos anos e sempre precisei de sair cedo e entrar tarde em casa e viajo sempre de transportes publicos, já assisti a alguns assaltos nos comboios, autocarros e até no metro, tirando os que se vêm na rua, os que se ouvem de madrugada em casa e os que se ouvem nas noticias e em conversas com outras pessoas. Por isso mesmo evito ao máximo andar com algumas coisas, como fios, pulseiras, aneis, evito abrir a mala nos transportes e trago-a sempre bem apertada debaixo do braço, não atendo telemóvel e por causa de assistir aos assaltos e ver a maneira como são feitos, evito dormir no comboio. Na rua vou sempre com alguma atenção porque já tive uma tentativa de assalto e estava a ver que não me safava, mas consegui. Mas a violência aumenta cada vez mais, com o aumento também da maneira como essa violência é praticada. Isto, porque hoje li no "Correio da manhã" a noticia de que, só ontem, foram apresentadas cinco queixas de violação na PSP e que esta prática de violência está a aumentar de dia para dia. Também sei que ás vezes as pessoas abusam. Eu vejo muita gente que continua a andar com o seu ouro exposto, que se "pavoneia" com o seu telemóvel de ultima geração, que leva a sua Playstation Portable no comboio e vai a jogar, inclusivamente já vi pessoas com os portáteis abertos no comboio (e eu viajo na Linha de Sintra) e depois, como é normal, á noite as jovens e não jovens vão para a "night", como eu costumo dizer, bem aperaltadas e bem "frescas" com muito pouca roupa, e isso já se sabe, aguça os apetites desses "comilões" que por aí andam, já bem basta quando se vai calmo e sossegado e se "leva" com essa gente. Eu tenho saudades de quando tinha 12,13 até aos 18 anos em que eu andava na rua com o pessoal da zona, na brincadeira, sem qualquer tipo de problema, quando os nossos pais se juntavam na rua a conversar. As noites de Verão eram uma alegria na zona onde moro, agora infelizmente isso tudo acabou, agora é realmente uma festa quando ás 3 e 4 da madrugada se ouve tiros na rua e policia atrás de 2 ou 3 meliantes que são mais uns da escumalha que a nossa sociedade gerou. Por culpa de quem não sei mas que existem, existem, e fazem grandes estragos a coberto de uma justiça podre de uma policia sem meios e do medo em que todos nós nos resguardamos para evitar que nos caia em cima toda essa violência. E vai piorar.