Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lua sem Sol

"Hoje eles vivem assim....separados, o SOL finge que é feliz, a LUA não consegue esconder que é triste."

Lua sem Sol

"Hoje eles vivem assim....separados, o SOL finge que é feliz, a LUA não consegue esconder que é triste."

É isto que se chamam "PRIORIDADES" ???

Notícia do DN.


" ......... No PS, Francisco Assis será o líder da bancada.  Na oposição já há diplomas na forja: casamento 'gay', suspensão da avaliação dos professores e pensões são os primeiros temas para a agenda.

 

.......... Ontem, o PCP apresentou um pacote de nove diplomas que proporá no Parlamento, hoje o Bloco de Esquerda toma idêntica iniciativa. E com dois projectos que serão tudo menos pacíficos: o casamento homossexual e as uniões de facto, uma matéria já abordada na última legislatura, mas travada por Aníbal Cavaco Silva.

O casamento gay consta do programa eleitoral do PS e ainda ontem, em entrevista à revista Visão, José Sócrates garantiu que os socialistas avançarão com esta lei no Parlamento. Mas no PS sustenta-se que esta não é uma medida para apresentar a breve termo, e há quem defenda que não deve avançar nesta primeira sessão legislativa. O Bloco vem assim pressionar a agenda socialista, o que é também válido para um novo diploma sobre as uniões de facto - outro tema que o PS não deve pegar desde já.

Ontem o PCP anunciou a entrega de uma proposta que visa suspender o processo de avaliação de professores. Hoje, o BE anuncia um texto com o mesmo sentido. E o CDS prepara-se para fazer mesmo, não sendo de excluir que também o PSD tome idêntica iniciativa.

........... O alargamento do subsídio de desemprego é outra das propostas que vai atravessar os vários grupos parlamentares. Tal como a resolução do problema criado por uma inflação negativa, que ameaça diminuir o valor das pensões de reforma. Neste caso o PS já se mostrou disponível para avançar com alterações à lei, pelo que este poderá ser um dos primeiros temas a ser alvo de concertação na Assembleia - dando início ao novo ciclo de um PS disposto a todas as negociações. O mesmo é válido para alterações aos códigos penais, que o CDS se prepara também para propor.

................ ".

 

Alguns deles, como as pensões e o subsídio de desemprego são uma prioridade agora tudo o resto serão os assuntos mais urgentes num País que está em crise económica ??? Eu penso que não, mas enfim.

 

Mas temos mais .........

Para continuar o meu post anterior posso deixar também aqui o que se vai passando, a esse nível, no nosso país.


Aumento de 24% das pessoas que pedem ajuda á AMI em termos de alimentação, medicamentos e vestuário. Procuraram apoio junto dos centros da AMI no primeiro semestre deste ano mais de 5.000 pessoas, mais 10% em igual período do ano passado isto demonstrando o empobrecimento de muita gente. Gente entre os 21 e os 59 anos. Esse apoio cresceu mais em Almada e Porto, os centros com mais utentes são o das Olaias, Vila Nova de Gaia e Porto.


Outra realidade, as dificuldades com que a nossa camada jovem e estudante dos cursos superiores estão a passar. Cada vez há menos capacidade financeira para se pagarem propinas, alimentação e estadias. E está provado  que Portugal é dos Países da União europeia onde os alunos do superior pagam mais para estudar - cerca de 11% do PIB per capita - o que leva a afastar cada vez mais jovens do ensino superior.


E eu sei o que isto é porque já passei por isso com a minha filha e digo-vos que não é "pêra doce", mais a mais tendo ela estudado fora de Lisboa.